terça-feira, 11 de novembro de 2008

NG5 - DR4 - Internet

Competência:



Perceber os impactos das redes de internet nos hábitos perceptivos, desenvolvendo uma atitude crítica face aos conteúdos aí disponibilizados.
As tecnologias da informação e comunicação, através do computador e da internet vieram trazer a todos a possibilidade de estar em todo o lado, a toda a hora e momento. A noção de espaço e de tempo alteraram-se, pois, virtualmente, podemos estar em qualquer lado. Entrar no museu do Louvre ou no Hermitage é hoje uma possibilidade que dispensa transportes, viagens ou custos. O mesmo sucede ao nível de outros espaços culturais como bibliotecas ou até teatros. Mas este recurso permite-nos também produzir conteúdos artísticos, misturando conceitos tradicionais de arte com novas tecnologias, caso da video-arte, média-arte, entre outros. Esta é a realidade do ciberespaço, uma realidade que hoje se vive, assumindo-se uma identidade (avatares), uma vida própria, caso do jogo Second Life, por exemplo. À velocidade de um clik entramos em mundos desconhecidos e conhecemos pessoas, construindo um mundo novo, cheio de relações, links e hiperlinks; estas são as auto-estradas do mundo virtual, do ciberespaço.
No entanto, se as vantagens são mais que muitas, as desvantagens são também significativas, pois como qualquer instrumento/meio, pode ser bem ou mal utilizado, dependendo das intenções. Assim, no caso da internet, o acesso indevido a sites de conteúdos reservados, impróprios, legais ou ilegais, muitas vezes sem acesso limitado, pode levar a informação nociva, caso de conteúdos específicos para adultos, pornografia, pornografia infantil, racismo, ideias extremistas, jogo, mas também contactos pessoais, contactos potenciais por parte de pessoas mal intencionadas, que usam o email, salas de chat, instant messaging, fóruns, grupos de discussão, práticas comerciais e publicitárias não-éticas que, não distinguindo a informação da publicidade, podem levar ao engano, à fraude, mas também ao uso compulsivo e abusivo deste meio de comunicação, bem como à violação dos direitos de autor, resultante da cópia, partilha, adulteração ou pirataria de conteúdos protegidos pela lei, tais como programas de computador, textos, imagens, ficheiros de áudio e/ou vídeo, para fins particulares, comerciais ou de plágio em trabalhos escolares ou outros, pode resultar em graves problemas de natureza jurídica e até financeira.




Critérios de evidência:


Cultura: Sei actuar perante as novas tecnologias da informação, identificando modos de apropriação pela produção artística e compreendendo de que modo a circulação no ciberespaço altera hábitos perceptivos.
Proposta de trabalho: A partir das potencialidades que reconhece à internet, nomeadamente em termos de cultura, de produção artística, indique uma obra de arte, um jogo virtual, um ou vários softwares de ilustração ou pintura digital, um filme ou um programa em que se tenha recorrido às novas tecnologias e descreva o processo de produção do mesmo. Pode também recordar os primórdios desta arte, através da video-arte, com a produção de videotapes, nos finais dos anos 70 e começos de 80, escolhendo um que seja do seu agrado e descrevendo a razão da sua escolha, bem como os aspectos inovadores do mesmo.




Língua: Sei actuar relativamente a conteúdos disponibilizados na rede de internet, através da produção e/ou interacção com esses mesmos conteúdos, em língua materna e/ou língua estrangeira.
Proposta de trabalho: Uma vez que a interacção on-line pode ser extremamente participativa e enriquecedora, a partir do uso diário que faz do computador e dos conteúdos aí disponibilizados, bem como do tipo de contacto que estabelece com ele, faça um levantamento dos diferentes tipos de texto e de informação que pode encontrar, bem como do modo como a informação, os conteúdos lhe são apresentados, dependendo da finalidade de cada um (formulários, texto informativo, argumentaivo, expositivo, técnico, utilitário, relatório, regulamento, injuntivo-instrucional, verbete, descritivo, dialogal-conversacional,etc.).



Comunicação: Sei actuar criticamente face à confiança que se pode desenvolver relativamente a conteúdos disponibilizados na rede de internet e sua fruição.
Proposta de trabalho: A partir da interacção que estabelece com as novas tecnologias em geral e com a internet em particular , faça um levantamento de todos os signos tipográficos e códigos de imagem que encontra, dependendo da página que está a consultar, do seu conteúdo ser ou não reservado, de acesso restrito, com necessidade de usar um código de acesso, mas que numa primeira cosnulat nos permitem compreender se são sites mais ou menos nocívos, obrigando-nos a reflectir a a pensar se devemos ou não aceder a eles, disponibilizar ou não dados pessoais ou confidenciais. Identifique também situações de comunicação em tempo real ou não, bem como de documentos que podemos consultar, enviar ou receber, com tempos específicos de utilização.




6 comentários:

Ludwig disse...

Quero deixar-lhe os meus sinceros parabéns pelo excelente trabalho (todo)! Boas ideias, bons vídeos, actualidade! PARABÉNS!
Já aproveitei algumas das suas ideias, no entanto tenho tido o cuidado de nunca o plagiar e asseguro-lhe que refiro sempre a fonte.
Obrigado, também, pela sua disponibilidade!

José Henrique disse...

É verdade.
Um trabalho de qualidade e uma atitude altruísta que até nem se coaduna com os tempos que vivemos.
Altruísta porque há partilha.
Também por isso os meus prosaicos mas sinceros parabéns.

Anónimo disse...

Primeiro quero parabenizá-la pela preciosa ajuda que nos disponibiliza. O Referencial fica assim totalmente descodificado. Era bom que pudesse disponibilizar apoio nos NG anteriores ao NG5.
Vou ficar a aguardar...

Anónimo disse...

QUERO TB DEIXAR AQUI UMA PALAVRA DE APREÇO PARA O TRABALHO AQUI DESENVOLVIDO E QUE MUITO NOS AJUDA A TODOS NESTA ÁRDUA TAREFA DE CONCLUIR O SECUNDÁRIO. PARABENS E OBRIGADO POR TODA ESTA PARTILHA DE INFORMAÇÃO.

Anónimo disse...

não posso ficar a ver este seu blogue sem lhe dar os meus mais sinceros parabens... o seu blogue é claro, as suas ideias sao extremamente boas e inteligentes a alem disso motivadoras para os formandos. mais uma vez obrigada pela partilha a fonte será citadae mais uma vez mt parabéns!!!!

angela disse...

Boa tarde,parabéns pelo blog,pela disponibilidade em ajudar aqueles que tem dificuldade em descodificar o referencial.Seria possivel fazer o mesmo para os restantes núcleos?

Agradecia imenso...